LAGOA DA ESPERA ITAGUASSU MUTANS: FORMAÇÃO E CRESCIMENTO

Segundo as Professoras Altair Barros e Dauréia Barros, também, o Sr. Haroldo Barros, o arraial de Lagoa da Espera, tem sua origem em uma fazenda de propriedade da família Rodrigues Lima de Caetité. Seu nome, Lagoa da Espera, veio de seus primeiros habitantes constituídos de índios semi-civilizados, que ali se instalaram a espera de caça e pesca, às margens da lagoa existente. Era, também, ponto de encontro de tropeiros que transportavam mercadorias naquela região.

Em 1911, o Sr. João Barros de Lima e Silva, descendente dos proprietários da fazenda, nela chegou, trazendo consigo sua esposa Herculina Gomes de Brito Barros, natural de Ituaçu, e três dos seus onze filhos. Com sua chegada, o pequenino povoado tomou novo impulso, não só comercial como religioso.

Os encontros religiosos e as missas eram feitos embaixo de um frondoso juazeiro, à porta da casa do Sr. João Barros, o qual liderou o desbravamento de uma parte da região, onde hoje, é o centro de Mutans. Bem como a construção de uma pequena capela de estilo colonial. Hoje, essa capela foi demolida e outra construída no local.

Em 1929, também ali chegou o Sr. Osvaldino José de Souza, natural de Brejinho das Ametistas, distrito de Caetité. Casou-se com a Sra. Maura Gomes de Barros, filha do referido João Barros. Mais tarde, foi instalada a Agência dos Correios e Telégrafos, trazido por um político influente da região. O Sr. Joaquim Prates Rodrigues, foi chefe dos Correios, e sua cunhada a Srª Maura Gomes de Barros funcionária daquela agência. Um dos fatores de desenvolvimento de Mutans foi à instalação da Agência dos Correios.

O Solar dos Barros, assim chamado, foi construído no alvorecer dos anos sessenta, pelo Sr. Osvaldino José de Souza, que ali residiu com sua família, por muitos anos. Sendo Mais tarde, vendido para o Sr. Antônio Gomes, e sucessivamente para outros donos, até chegar às mãos da Prefeitura Municipal de Guanambi, na gestão da prefeita Sizaltina Donato.

Hoje, essa construção está se desmoronando, necessitando de um urgente tombamento por parte dos órgãos responsáveis, para que não perca no tempo, tão bela obra arquitetônica.

Segundo o escritor Domingos Antônio Teixeira, em seu livro “Respingos Históricos”, “no dia 1º de janeiro de 1945 entrou em vigor, em todo pais, novo quadro territorial, nenhuma alteração houve nos limites de Guanambi, apenas registrou-se a mudança da denominação de vilas e distritos: Itaguassu, antiga Lagoa da Espera, recebeu o topônimo de Mutans”, pois já existia uma cidade, no estado do Espírito Santo, com o nome de Itaguassu. E, segundo a lei cabia como preferência a localidade mais velha a continuação do nome. Domingos Antônio Teixeira, prefeito interino de Guanambi no ano de 1945, foi responsável pela indicação do topônimo “Mutans”, que significa “esperas” – jirau feito nas galhas do arvoredo, no qual o índio ficava à espreita da caça, no caminho em que devia passar o animal, ou na aguada onde ia beber. Justificando a sua sugestão, então dissemos que os primeiros moradores da vizinhança, dados à caça, armavam esperas (Mutans) à margem daquela lagoa, que ficou conhecida pelo nome de Lagoa da Espera. O arraial, que ali surgiu mais tarde, foi chamado de Lagoa da Espera e depois Itaguassu. A nosso ver, devia-se conservar a origem do primeiro nome, dado a povoação que ali surgiu.

Segundo depoimento do ex-prefeito de Guanambi, Sr. Jonas Rodrigues da Silva, um dos fatores de desenvolvimento de Mutans, foi o deslocamento de várias famílias do antigo povoado de Tanque de Juazeiro para Mutans. O que motivou esse deslocamento foi à insatisfação de seus moradores com os bares e casas de jogos com mulheres, que nos fins de semana provocavam grande barulho e brigas em Tanque de Juazeiro. Também, uma grande seca que ocorreu, aproximadamente, em torno do ano de 1920, contribuiu para a retirada desses moradores para o recém criado povoado de Mutans.

Escrito por José Bonifácio Teixeira na data 03/2012

Mais histórias de Guanambi e região visitem o site: http://www.cronicasdeguanambi.com

Anúncios

2 thoughts on “LAGOA DA ESPERA ITAGUASSU MUTANS: FORMAÇÃO E CRESCIMENTO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s