HOMENAGEM AOS 40 ANOS DO COLÉGIO ESTADUAL GOVERNADOR LUIZ VIANA FILHO

O Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho iniciou suas atividades em 05 de fevereiro de 1970. O quadro pessoal era constituído de 45 professores, 05 funcionários e 930 alunos, com o Ensino Fundamental e o curso Normal (Magistério) posteriormente vieram os cursos de Técnico em Contabilidade, Técnico em Administração e Estudos Adicionais.  Tendo como primeiro diretor o professor Claudio Felippe Hoffman e vice-diretora a professora Nilza Fernandes, como secretária a professora Terezinha Teixeira Santos.

A professora Aparecida Jesuina Marques de Castro foi a penúltima diretora, exercendo esse cargo por 14 anos. A Diretoria atual é composta pela professora Aparecida Cabral, na função de diretora, sendo compostos pelos vice-diretores Anete Maria Soares Luz, Leodina Teixeira Públio e Elder Bruno.

Cursos atuais: Ensino Fundamental (5ª a 8ª série), Tempo Formativo – Eixo VII a nível médio e Ensino Médio Inovador, contendo 2030 alunos matriculados, 92 professores e 49 funcionários.

Homenageamos em nome da educadora Josabeth Lemos de Almeida todos os professores desse colégio. E, em nome do professor Joaquim Alves Brito todos os seus funcionários. Destacamos também o nome da professora Elvira Ana Cotrim pelos seus 40 anos como educadora.

Como ocorreu a sua criação: Em 1969 o grupo que comandava a política em Guanambi, composto por Dr. José Humberto Nunes, pelo prefeito Jonas Rodrigues da Silva, o deputado estadual Professor Vilobaldo Freitas e demais lideranças, atendendo os anseios da população do município e região, que reivindicavam para essa cidade um colégio estadual com ensino gratuito para atender a população estudantil. Solicitaram do então governador Luiz Viana Filho a criação de um Colégio Estadual. O governador autorizou ao seu secretario de educação que tomassem todas as providências necessárias para a criação daquele instituto de ensino. A Secretaria de Educação, após levantamento, deu parecer favorável á viabilização do projeto.

O deputado estadual Vilobaldo Freitas foi comunicado, através do secretário de governo da Comunicação Dr. Prisco Viana, que fora atendido a reinvidicação em prol da criação do colégio. Este, imediatamente passou um telegrama para o seu grupo político, transmitindo essa boa notícia que foi comemorada por toda a população. O deputado apresentou um projeto na Assembleia Legislativa, dado o nome do governador Luiz Viana Filho aquele estabelecimento de ensino recém criado, que foi aprovado pelos seus colegas do Legislativo por unanimidade.

O prefeito, da época Jonas Rodrigues da Silva e o vereador Lino Teixeira deslocaram para Salvador com a documentação e procurações das duas associações, que mantinham os colégios São Lucas e Ginásio de Guanambi, para legalização da doação da área. Anexando assim, as áreas dos dois estabelecimentos para o funcionamento do novo Colégio Estadual.

A história dos Colégios que se acoplaram com a criação do Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho: O Ginásio de Guanambi, criado em 1954 pelo Médico e Educador Laert Ribeiro era mantido pela Associação dos Amigos de Guanambi. Inicialmente, funcionava na Rua Coronel Pedro Francisco de Moraes, antigo Casarão, próximo ao atual prédio onde funciona o IBGE. Imóvel que na época, pertencia ao saudoso Dr. Benjamim Vieira, que cedeu gratuitamente o imóvel, dando uma grande contribuição para a educação de Guanambi.

Em 1958, a Associação dos Amigos de Guanambi mudou de presidência, assumindo a diretoria o grupo adversário de Dr. Laert, composto pelos Srs. Pedro Moraes e Dr. Fernandes.

Dr. Laert, em 1959, com a professora Enedina Costa de Macedo e o Padre Celestino criaram o colégio São Lucas, que era mantido pela recém criada Associação de Guanambi. Suas atividades tiveram início em 1960. Teve como diretora a professora Enedina. Funcionava no atual prédio do Alarmes Betel, na rua Dez de Novembro. Em 1961, transferiu para a Praça Manoel Novaes, subdividindo-se em dois espaços, o primeiro onde hoje funciona a DIREC e o segundo onde funciona o pavilhão São Lucas do atual colégio.  Em 1962, o Ginásio de Guanambi transferiu-se também para a mesma praça, ocupando uma área vizinha ao Colégio São Lucas, onde hoje funciona o pavilhão Luiz Viana, incluso a diretoria do colégio e demais áreas.

Naquela época, a rivalidade política de Guanambi era intensa. Cada grupo político possuía um colégio e um clube social. No Colégio São Lucas, estudavam os filhos dos partidários do grupo político liderado por Dr. Juca, Dr. Laert Ribeiro e Joaquim Fernandes. No Ginásio de Guanambi estudavam os filhos dos partidários do grupo político liderado por Dr. Fernandes, Dr. José Humberto Nunes e Sr. Pedro Moraes. Com o falecimento de Dr. Fernandes e Sr. Pedro Moraes assumiu o comando desse grupo político o Dr. José Humberto Nunes.

Nos desfiles de 7 de setembro sempre tinham pequenos conflitos dos componentes da banda desses dois colégios. Em 1966, houve um acordo político entre os grupos de Dr. José Humberto e Dr. Juca, cessando assim, essas rivalidades. Em 1970, com a inauguração do colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho esses colégios encerraram sua atividades e foram incorporados a esse novo estabelecimento de ensino.

Ao comemorar os 40 anos de existência do Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho aproveitamos para homenagear a figura do governador Luiz Viana Filho. Não só pela criação desse colégio, como também pela implantação do sistema de energia, através da Coelba, e de abastecimento de água, por meio do SAAE. Incluindo também, a construção do prédio do fórum Dr. Eduardo Dalton, e a criação da agência do Banco do Estado da Bahia. Estes atos do então governador contribuíram muito para o desenvolvimento de Guanambi.

Homenageamos, também, o médico, político e educador Laert Ribeiro, que deixou um legado para Guanambi, que também contribuiu na criação dos colégios São Lucas e Ginásio de Guanambi. Prestamos nossas homenagens aos diretores do Ginásio de Guanambi Professor Décio e Professor Maximínio Fernandes. E, a diretora do colégio São Lucas a professora Enedina C. Macedo e ao Dr. Gileno, que também participou da diretoria desse colégio.

No Colégio Estadual Governador Luiz Viana Filho estudou grande parte da população Guanambiense e de sua região. Hoje, profissionais que exercem funções nas áreas de saúde, educação, advocacia. Incluindo também, prefeitos parlamentares, comerciários, contadores e outros profissionais que exercem honrosamente suas atividades em Guanambi, região, na Bahia e outros estados do Brasil.

Colaboradores deste trabalho: Professor Celito Brito, Professor Joaquim Alves, ex-vereador Lino Teixeira e professora Maria Soares.

Escrito por José Bonifácio Teixeira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s