Dr. José Humberto Nunes, o médico e o político

Dr. José Humberto chegou a Guanambi, em torno de 1952, vindo de Salvador recém-formado em medicina. Começoua exercer sua atividade profissional, atendendo pacientes de Guanambi e região. Desde o início da sua carreira, demonstrava uma especial atenção às pessoas de classe mais carente, prestando atendimento médico gratuito à grande parte da população pobre.

Em pouco tempo, a sua fama de médico se espalhou por toda região, devido a sua dedicação aos pacientes. Não media esforços para atendê-los a qualquer hora da noite e final de semana, tanto na cidade quanto na zona rural. Em várias oportunidades Dr. José Humberto se deslocava a cavalo para prestar atendimentos, que muitas vezes, era gratuito, devido aos poucos recursos da nossa população, naquela época.

Dr. José Humberto criou um vínculo de amizade com o médico Dr. Francisco Fernandes, ingressando no seu grupo político. Mesmo assim, continuava atender toda população do município de Guanambi, independentemente da sua preferência partidária.

Em 1954, houve uma união política entre Pedro Francisco Moraes e Dr. Francisco Fernandes, formando um novo grupo político,em Guanambi. Dr. JoséHumberto foi apresentado como candidato a prefeito, nas eleições municipais, em disputa com o médico Dr. Laert Ribeiro, do outro grupo político de Dr. Juca Bastos e Joaquim Fernandes. Naquela eleição, venceu Dr. José Humberto, assumindo a prefeitura de Guanambi, no dia 12 de abril de 1955.

Dr. José Humberto conseguia conciliar as atividades na área de medicina e na política. Continuou dedicando grande parte do seu tempo à sua profissão, atendendo com a mesma dedicação às pessoas de recursos e carentes de Guanambi e região.

Em 1960, faleceu Dr. Fernandes. Pouco tempo depois também, morreu o outro líder político do grupo o Sr. Pedro Moraes. Dr. José Humberto assumiu a liderança do seu grupo político.

Em 1962, Dr. José Humberto disputou novamente as eleições a prefeito, tendo como adversário o médico Dr. Nelson Bastos. Sendo mais uma vez eleito, assumindo o mandato em 7 de abril de 1963.

Em 1966, houve um acordo político em Guanambi entre o grupo de Dr. José Humberto e seus adversários políticos, Dr. Juca Bastos e Joaquim Fernandes, unificando a política municipal. Nesse acordo ficou estabelecido que Dr. José Humberto apresentaria o candidato a prefeito e Dr. Juca o candidato a deputado Estadual.

Nas eleições de 1966, foi apresentado Jonas Rodrigues da Silva para candidato único a prefeito e para deputado o genro de Dr. Juca, o professor Vilobaldo Freitas, que foi eleito e passou a representar Guanambi e região na assembléia legislativa da Bahia.

Em 1970, Dr. José Humberto foi apresentado como candidato único a prefeito de Guanambi, assumindo o seu terceiro mandato, em 31 de janeiro de 1971, para o período de 2 anos, conforme a Legislação Eleitoral daquela época. Dr. José Humberto continuava exercendo as suas atividades de político e médico, com a mesma dedicação, atendendo pobres, ricos, aliados ou adversários políticos.

Nas eleições de 1972, Dr. José Humberto apresentou novamente como candidato único o Sr. Jonas Rodrigues da Silva, para prefeito de Guanambi.

Em1974, aoposição a Dr. José Humberto liderada por José Neves Teixeira e Nilo Moraes Coelho apresentou para candidato a deputado federal Prisco Viana e para deputado estadual Epaminondas Rocha. Iniciando assim, uma nova disputa política nesse município, após anos de liderança única na política de Guanambi. Dr. José Humberto, na mesma eleição, apresentou os seus candidatos tradicionais para deputado federal, Manoel Novais e Odulfo Domingues e, para deputado estadual Vilobaldo Freitas.

Em 1982, Dr. José Humberto Nunes Disputou a sua última eleição, em Guanambi, contra Nilo Moraes Coelho, que foi o eleito. Dr José Humberto encerrou sua atividade política, no mesmo ano, transferindo-se definitivamente para Salvador, onde exerceu a função de médico na reitoria da UFBA, até sua aposentadoria. Falecendo na mesma cidade.

Contribuição de Dr. Humberto como líder político para o desenvolvimento de Guanambi

Durantes 25 anos de liderança política de Guanambi, com o seu grupo político, composto por Jonas Rodrigues da Silva, Dr. Juca Bastos, Joaquim Fernandes, Estácio Neves Freitas, Lino Teixeira e outros, através do deputado Federal Manoel Novais e do deputado estadual Vilobaldo Freitas, conseguiram importantes obras para estruturar Guanambi. Preparou esse município, com base sólida, para a sua grande fase de desenvolvimento como pólo regional.

Grandes obras destacadas no período de sua liderança política:

  • Conclusão da barragem de Ceraima, em 1966;
  • Implantação de energia elétrica, através da Coelba;
  • Instalação do serviço de água, através do SAEE;
  • Criação do Colégio Estadual Governador Luis Viana Filho;
  • Instalação do Hospital Santo Antônio;
  • Instalação da agência do Banco do Estado da Bahia (BANEB).

Com essas obras, Guanambi, naquela época, tornou-se uma das poucas cidades da Bahia a contar com o serviço de energia elétrica, servido de abastecimento de água, rede hospitalar e um colégio estadual de grande porte.

Dr. José, o médico, em um dos últimos atendimento que ele prestou em Guanambi foi após as eleições de 1982, quando preparava a sua mudança para Salvador. No dia em que o seus adversário político comemorava a vitória com grande carreata na cidade, uma senhora em trabalho de parto, pertencente ao grupo político vencedor necessitou com urgência de atendimento médico e não encontrou nenhum médico disponível. Era final de semana, alguns de seus colegas médicos estavam participando da carreata comemorando a vitória de Nilo Moraes Coelho e outros em suas fazendas.

Procurado pela família, e sabendo que aquela senhora e a criança corriam risco de morte, pois estava em trabalho de parto, considerado quadro clínico grave, Dr. José Humberto repetiu o mesmo gesto, que durante mais de 30 anos, tinha feito em Guanambi, atender às pessoas que o procurava, independente de sua posição política.

Dr. José Humberto, deslocou-se da sua casa, prorrogando a sua viajem para Salvador, e atravessou grande parte da cidade, ariscando até sua integridade física, pois os seus adversários estavam no auge da comemoração da vitória política, para atender à paciente. Chegando à casa da senhora, Dr. José Humberto realizou a sua nobre e honrosa atividade de médico.

Esse foi o grande legado de Dr. José Humberto para Guanambi e região, sua atuação constante como médico e político.  Homenageamos o “médico dos pobres” com trecos da música, criada e cantada animadamente por seus seguidores políticos, em sua campanha eleitoral:

Aquele fusquinha branco,

Aquela pasta de couro

É quem o povo proclama,

Dr. José Humberto, o médico do povo.

Artigo escrito por José Bonifácio Teixeira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s